Arquivo da tag: Redes sociais

Na frenética infovia das redes sociais, fragmentos só viram histórias a partir da ação de jornalistas

As redes sociais – Facebook, Twitter, Orkut – criaram um frenético fluxo de informação que tanto informa como desinforma. Um sujeito pode se considerar um ignorante tanto numa era de ausência de informação quanto em outra de excesso de notícias. Hoje, a sociedade está no limiar dessa segunda era.

No turbilhão de notícias que cruzam as redes sociais, a diferença entre a informação e a ignorância está nos filtros. Por mais que as pessoas escolham com quem se relacionar ou quem seguir, haverá sempre o excesso ou o supérfluo.

Há séculos que os jornais têm servido – bem ou mal – como filtros no crescente fluxo de informações que viaja pelo mundo, antes a navio ou cavalo, hoje via eletrônica.

Storyful Um projeto interessante – o Storyful – foi criado por jornalistas para capturar nas redes sociais fragmentos de uma mesma história que, lado a lado, tenham interesse jornalístico. Exercem filtros, como rádios e jornais.

É difícil prever qual será o futuro do Storyful, se será bem-sucedido (inclusive financeiramente) ou se é mais uma boa idéia na web que não passa de entretenimento.

Mas a simples existência desse projeto derruba alguns mitos: que todos os internautas são potenciais jornalistas na internet, que as redes sociais são a nova fonte de informação das pessoas e que as multidões podem ser poderosas fontes de histórias. Tudo isso é meia verdade, recheado de modismo e frenesi.

Sem os filtros, o que os internautas têm feito pelas redes sociais é tirar as pessoas da ignorância por causa da falta de informação para jogá-las, em seguida, na ignorância causada pelo excesso de informação.

Veja mais: Um exemplo do que faz o Storyful pode ser percebido em uma recente história narrada por passageiros  de um cruzeiro marítimo que enfrentou uma tempestade. O drama deles e algumas reclamações são a base da história que o Storyful conta a partir de fragmentos – comentários, dados, vídeos ou fotos – encontrados no Flickr, Facebook, Twitter e Youtube. Outra matéria do Storyful mostra incríveis relatos e imagens de uma tempestade de neve que ocorreu uma localidade de Ontario, no Canadá, novamente se apoiando em dados, relatos e imagens disponibilizadas nas redes sociais. Vale conferir.

Citação de brasileiros ainda é a mais popular no Twitter mundial quase 24 depois

Segundo estudo publico pelo Blog do Twitter, são produzidas cerca de 50 milhões de tweets por dia – mensagens da rede social Twitter com até 140 caracteres – entre as pessoas cadastradas.

Este dado é importante para medir o quanto o Twitter já faz parte do cotidiano do brasileiro, que utiliza da rede social para conversar com o mundo.

Depois da partida entre Cruzeiro e São Paulo pelas quartas de final da Copa Santander Libertadores 2010, a citação #Mineiraocalou passou a figurar no topo da lista dos “trending topics” no Brasil e, depois, no mundo todo. A lista mostra os dez assuntos mais comentados na rede social.

A citação faz parte da música provocativa cantada pela torcida são-paulina já próximo do fim do jogo, uma alusão ao silêncio dos mais de 48 mil torcedores cruzeirenses, que acompanhavam o time mineiro, franco favorito, perder por dois gols a zero da equipe paulista em pleno estádio Mineirão, em Belo  Horizonte.

O blog Meio de Campo do portal Globo.com calculou a audiência da citação e chegou à conclusão de que #Mineiraocalou representou 0,03% das mensagens publicadas por internautas do mundo todo no Twitter. Muitos estrangeiros perguntavam pelo Twitter o que significava a expressão, ajudando a turbinar a #Mineirãocalou Worldwideaudiência.

Basta fazer a conta: 0,03% de 50 milhões de mensagens diárias é igual a 15.000 tweets naquelas horas após o jogo. E horas depois, já na manhã brasileira, a citação permanecia no topo da lista mundial de “trending topics”.

E ainda permanece. O jogo no estádio Mineirão acabou por volta de meia-noite da quarta-feira, dia 12 de maio. Mas, às 22h do dia 13, quase 24 horas depois, as listas de “trending topics” do Brasil e do mundo ainda tinham, no topo, a expressão #Mineiraocalou.

Saiba mais: se quiser ficar atualizado sobre recursos do Twitter, redes sociais e internet, acompanhe o blog Vida em Rede, de Rafael Sbarai, publicado no portal Veja.com.