O primeiro parágrafo vale a reportagem toda


Seja no jornalismo ou em qualquer profissão, o primeiro parágrafo, muitas vezes, é o que mais demora a ficar pronto sempre que há a necessidade de escrever um texto.

No jornalismo, a ordem é ir direto ao ponto, respondendo algumas perguntas essenciais: Quem fez o que? Para quem? Quando? Onde? Por quê? Se seguir essa regrinha básica e não tiver preguiça em escrever as respostas completas, o primeiro parágrafo nascerá facilmente.

No entanto, a ousadia é que rende fama e orgulho. No jornalismo, quando o primeiro parágrafo não traz a informação essencial logo na larga, surge o "nariz de cera", como é conhecido entre profissionais de imprensa.

Matéria Época O primeiro parágrafo é a arma para capturar a atenção do leitor até o fim da reportagem. A ousadia, com talento e eficácia, garante os minutos preciosos da audiência. O problema é que a dose tanto pode curar quanto matar o paciente. Se não acertar o tom, o jornalista perde o leitor já nas primeiras linhas.

Dicas importantes – Uma reportagem da revista Época, que aborda o crescimento da economia brasileira, ajuda a dar algumas dicas para aqueles que querem escrever um primeiro parágrafo com maestria, talento, ousadia – e obter êxito.

Os jornalistas usaram muito bem alguns elementos. O primeiro foi a metáfora explícita na cena de um filme conhecido, no caso, Ben-Hur. Não é necessário ter visto o filme – a descrição traz facilmente à mente a associação entre remar e trabalhar arduamente.

A segunda foi resgatar o autor da metáfora – o divertidíssimo Nélson Rodrigues, dramaturgo e cronista dos mais hábeis ao usar a palavra. Nélson Rodrigues é conhecido pelo dom de criar frases de efeito que trazem enorme inteligência, poesia e didatismo. As frases do dramaturgo são espirituosas e humoradas – e isso criou um ambiente agradável entre jornalista e leitor.

O que há por traz desses dois elementos? Um conceito simples. Para capturar a atenção do leitor e para fazê-lo entender mais facilmente a importância de um assunto, muitos autores se aproveitam de imagens e idéias que já estão na memória e no balaio de informações que os leitores possivelmente já têm.

Quer testar? Lembre das letras das músicas de autores brasileiros consagrados, que tenha feito sucesso, que sejam consideradas muito boas, que tenham feito parte da história cultural do país. Se estiverem na cabeça nas pessoas, certamente elas já pararam alguns segundos para pensar o que essas músicas tentam transmitir de informação – o primeiro parágrafo do texto terá grande chance de capturar a atenção de quem lê. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s