Qual é a situação dos museus nas cidades brasileiras?


O jornal norte-americano The Washington Post publicou uma reportagem informando sobre a promessa de criação de um museu que nunca se confirmou. A iniciativa era de um ex-governador, o primeiro negro eleito para o cargo estadual máximo, que lançou a idéia de construir um museu sobre a escravidão.

No Brasil, o que não falta é a criação de museus ou de institutos para a preservação da memória ou de qualquer assunto. O problema é que, na maioria das vezes, há recursos públicos envolvidos, seja diretamente, com gasto do orçamento público para obras e serviços, seja indiretamente, por meio de isenção fiscal para empresas privadas que investirem na iniciativa.

Os governos federal, estaduais e municipais não têm sistemas de controle para avaliar os custos de construção e manutenção dos museus, não têm mapas para orientar os cidadãos e visitantes a visitar tais instituições e não têm noção do acervo completo disponível para visitação ou pesquisa.

Sugestão de pauta – A insuficiência de organização, conhecimento e controle do acervo dos museus em cada unidade federativa é de interesse público, o que poderia instigar a imprensa – do jornal local ao de alcance nacional – a investigar o funcionamento dos museus brasileiros. Há grandes chances de encontrar histórias parecidas com a do Museu da Escravidão anunciado para ser instalado no Estado da Virgínia (EUA).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s