Quem disse que em jornal só há notícia ruim?


Em agosto de 2010, o repórter fotográfico Epitácio Pessoa, enquanto produzia uma matéria na cidade de Lorena (SP), se deparou com uma cena inusitada. Em um local ermo, dois homens arrastavam um jovem que estava com as mãos amarradas.

Tão logo o carro da reportagem do jornal O Estado de S. Paulo apareceu repentinamente, os agressores soltaram a vítima, que correu em direção ao veículo de forma desesperada. Foi salvo da morte, disse. A polícia também suspeitou do mesmo.

Quinze meses depois, o profissional foi premiado em uma das categorias do Prêmio Esso. O jornal voltou ao local do evento e entrevistou o jovem que foi salvo. Vale a pena ler.

OESP Prêmio Esso

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s