Na frenética infovia das redes sociais, fragmentos só viram histórias a partir da ação de jornalistas


As redes sociais – Facebook, Twitter, Orkut – criaram um frenético fluxo de informação que tanto informa como desinforma. Um sujeito pode se considerar um ignorante tanto numa era de ausência de informação quanto em outra de excesso de notícias. Hoje, a sociedade está no limiar dessa segunda era.

No turbilhão de notícias que cruzam as redes sociais, a diferença entre a informação e a ignorância está nos filtros. Por mais que as pessoas escolham com quem se relacionar ou quem seguir, haverá sempre o excesso ou o supérfluo.

Há séculos que os jornais têm servido – bem ou mal – como filtros no crescente fluxo de informações que viaja pelo mundo, antes a navio ou cavalo, hoje via eletrônica.

Storyful Um projeto interessante – o Storyful – foi criado por jornalistas para capturar nas redes sociais fragmentos de uma mesma história que, lado a lado, tenham interesse jornalístico. Exercem filtros, como rádios e jornais.

É difícil prever qual será o futuro do Storyful, se será bem-sucedido (inclusive financeiramente) ou se é mais uma boa idéia na web que não passa de entretenimento.

Mas a simples existência desse projeto derruba alguns mitos: que todos os internautas são potenciais jornalistas na internet, que as redes sociais são a nova fonte de informação das pessoas e que as multidões podem ser poderosas fontes de histórias. Tudo isso é meia verdade, recheado de modismo e frenesi.

Sem os filtros, o que os internautas têm feito pelas redes sociais é tirar as pessoas da ignorância por causa da falta de informação para jogá-las, em seguida, na ignorância causada pelo excesso de informação.

Veja mais: Um exemplo do que faz o Storyful pode ser percebido em uma recente história narrada por passageiros  de um cruzeiro marítimo que enfrentou uma tempestade. O drama deles e algumas reclamações são a base da história que o Storyful conta a partir de fragmentos – comentários, dados, vídeos ou fotos – encontrados no Flickr, Facebook, Twitter e Youtube. Outra matéria do Storyful mostra incríveis relatos e imagens de uma tempestade de neve que ocorreu uma localidade de Ontario, no Canadá, novamente se apoiando em dados, relatos e imagens disponibilizadas nas redes sociais. Vale conferir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s