Qual foi o desempenho dos 32 principais gestores da República nos últimos anos?


Durante o período de transição de um governo que termina e outro na iminência de começar, há muita especulação e curiosidade para tentar descobrir quais serão os novos titulares dos 24 ministérios e das 8 secretarias especiais com perfil de ministério.

No entanto, pouco se analisa a respeito do legado de quem está deixando os cargos. O que eles realizaram ou deixaram de fazer? Cumpriram promessas? Resolveram os principais problemas que encontraram?

Em 2009, o orçamento dos 24 ministérios somou aproximadamente R$ 600 milhões. Quatro das mais recentes secretarias especiais criadas nos últimos anos tiveram, à disposição, R$ 3,1 bilhões somente para investimentos (o que não inclui gastos de custeio e folha salarial, entre outros) entre 2009 e 2009.

O problema é que o cidadão fica sem saber qual foi o resultado que cada um dos 32 principais gestores da República entregou com tal soma de recursos à disposição. Você acha que os jornais deveriam dar atenção a esses assuntos, mais do que tentar descobrir quais serão os novos titulares desses cargos?

Anúncios

Uma resposta para “Qual foi o desempenho dos 32 principais gestores da República nos últimos anos?

  1. Sem dúvida, fazer um jornalismo menos superficial seria o ideal, mas a grande mídia falha muitas vezes, em especial pq os interesses editoriais, corrompidos, são como uma camada de petróleo sobre a água do mar, impedindo que a luz do sol passe para manter um ecossistema equilibrado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s