O mapa dos maiores derramamentos de óleo do mundo conta história “sem efeito manada”


Por meio do projeto Visualing, achei uma infografia muito interessante sobre os maiores derramamentos de petróleo no mundo ao longo da história. Por ele, percebe-se o feito devastador da divulgação de informações pelas mídias – principalmente televisão e internet – para dimensionar um fato específico dentro da linha do tempo de desastres provocados pela indústria petrolífera.

Pelo tamanho da gritaria, o desastre envolvendo a empresa britânica BP no Glofo do México em 2010 parecia ser o pior derramento de petróleo já ocorrido no mundo. Ledo engano. A infografia deixa claro que dois dos mais televisionados e divulgados desastres – incluindo o famoso envolvendo o petroleiro Exxon Valdez, no Alasca – são pequenas gotas perto dos campeões de estragos.

Worst oil spills O trabalho foi feito por Gavin Potenza, ilustrador free-lance. Ele utilizou dados organizados pela The International Tanker Owners Pollution Federal Limited (ITOPF), instituição situada em Londres, Reino Unido.

Fica a dica: o avanço da tecnologia permite que as informações cheguem cada vez mais longe e cada vez mais rápido. Isso é bom, sem dúvida. Quando a notícia é ruim, gera comoção, revolta, possivelmente superdimensionamento do fato e até um efeito manada, quando todos que tomam conhecimento de uma informação seguem o mesmo comportamento dos primeiros. O que ocorreu no Golfo do México, envolvendo a empresa BP, foi realmente um desastre, só que bem menor do que derramamentos semelhantes e menos escandaloso – até por causa do raquitismo dos meios de comunicação em décadas passadas.

É claro que a infografia parte do pressuposto que os dados apurados pelo instituto que serve como fonte são críveis, considerando toda a dificuldade que sempre houve para dimensionar o tamanho do estrago ocorrido no Golfo do México.

Para saber mais: Vale a pena visitar a página do Visualizing, projeto extremamente interessante. Permite que especialistas divulguem trabalhos na área de infografia e oferece desafios que ajudem a criar formas visuais interessantes a partir de bancos de dados brutos. Pelo que o portal demonstra, a empresa GE patrocina os desafios, com prêmios de até US$ 3 mil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s