Calvim descobre a verdadeira força de bolinhas de papel, rolos de fita crepe e bexigas cheias de água


Calvim dá uma aula, novamente. Mesmo que você tenha princípios, infelizmente, na maioria das vezes, eles não ditarão o que acontece com sua vida. Diz muito em um momento em que a disputa para chegar ao cargo de Presidente da República usa, como instrumentos, bolinhas de papel, os rolos de fita crepe e as bexigas cheias de água. Começo a achar que são eles – e não os princípios  – que estabelerão aquilo que os cidadãos terão de fazer.

Calvim2

Para quem não entendeu o contexto político-eleitoral do momento no Brasil, vale ler o início do editorial publicado no jornal Folha de S.Paulo no dia 22 de outubro:

“Os incidentes ocorridos nesta quarta-feira, durante caminhada do candidato José Serra (PSDB) no Rio de Janeiro, e com a candidata Dilma Rousseff, do PT, ao desfilar ontem em carro aberto em Curitiba, constituem sinais de que a campanha eleitoral ameaça atingir um novo grau de exacerbação.
Não houve maiores consequências, felizmente, nos dois episódios. Serra foi atingido, sem ferir-se, por um objeto na cabeça, ao passo que um balão de água foi jogado sobre o capô do automóvel que transportava Dilma. É todavia preocupante uma situação na qual candidatos se vejam ameaçados em sua integridade física ao circularem pelas ruas e buscarem contato com o eleitor.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s